27 maio 2009

"Minha FÉ ADVENTISTA foi DERRUBADA..." - TESTEMUNHO

Adventistas do Sétimo Dia: A "Igreja do fim" ou o Fim da Igreja?
Pr. Miguel Ângelo Luiz Maciel

"E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo." – Apocalipse 12:17

0. Introdução

Um jovem, uma escolha, uma "Igreja"[1]. A capa da revista adventista apresenta sutilmente a própria igreja do sétimo dia como a "Esperança Para as Grandes Cidades"[2]. Ao mesmo tempo em que um jovem universitário, russo e negro, aparece ao lado dos dizeres "Escolhi o Sábado"[3] – sábado aqui escrito com letra maiúscula e em bastante destaque.
Para os desavisados, inclusos os que não se importam em averiguar a verdade a respeito da seita da qual fazem parte, não são evidentes e nem sequer notadas, as tentativas de minimizar o racismo propalado por seus fundadores e a evidente substituição do Senhor Jesus Cristo como Salvador, pelo sétimo dia que salva, arrastado por todas as doutrinas embasadas em um arminianismo craso e descabidamente dissimulado.
Embora apresentem um discurso que levaria qualquer crente verdadeiro, mas pouco interessado em confrontar as heresias sabatistas, a acreditar que eles são inofensivos por fazerem afirmações tais como: "temos hoje 66 livros na Bíblia, contendo todo o conhecimento necessário para a salvação"[4] ou "em Seu sofrimento (referindo-se a Cristo), morte e ressurreição, Deus proveu o único meio de expiação do pecado humano, de modo que os que aceitam essa expiação pela fé possam ter vida eterna"[5], suas doutrinas são completamente contrárias às Sagradas Escrituras e ao cristianismo bíblico.
Este pequeno estudo tem por objetivo demonstrar, através da Bíblia, os falsos ensinos sabatistas a respeito do remanescente que deverá enfrentar a grande tribulação dos últimos dias. Que Deus abençoe a todos os que lerem estas linhas dando-lhes verdadeiro discernimento espiritual.

1. A Igreja do Fim?
Para não perdermos muito tempo e irmos direto ao assunto, enumeremos rapidamente algumas doutrinas básicas dos adventistas, que se apresentam como a "Igreja do Fim". Os adventistas afirmam que:

I. A Bíblia é revelação de Deus, mas a verdade se perdeu com o passar dos séculos.
II. "A estratégia de Satanás" foi criar "muitas igrejas falsas: A prostituta e suas filhas – Apocalipse 17"[6].
III. "O plano de Deus" se resume a "uma igreja verdadeira: a mulher virtuosa de Apocalipse 12"[7].
IV. "Com o objetivo de restaurar a verdade Deus estabeleceu uma igreja que deveria cumprir a missão descrita em Isaías 58:12"[8] (restaurar a guarda do sétimo dia, o sábado cerimonial judaico no meio cristão gentílico).
V. "Deus restaurou a verdade (a guarda do sábado) por meio da Sua Igreja"[9] (os próprios adventistas) .
VI. Para a restauração da Igreja do fim, Deus convocou Ellen Gould Harmon (depois que se casou com James White, tornou-se Ellen Gould White), para ser a profetisa do fim dos tempos.
VII. O selo de Deus é o sábado velho testamentário.
VIII. O Espírito de Profecia são os escritos "proféticos" da Sra White.
IX. Atualmente Jesus Cristo está observando os que guardam o sábado e os que guardam o domingo, em um santuário celestial, para complementar a salvação somente dos que são obedientes em guardar o sábado.
X. O sábado é o selo de Deus, o domingo a marca da besta.
XI. A tribulação começará com um "Decreto Dominical". Quando isso acontecer, a porta da graça será fechada e somente os adventistas fiéis serão salvos.
XII. Os adventistas fiéis serão perseguidos por se recusarem a deixar de guardar o sábado durante a grande tribulação.

Os ensinos básicos acima apresentados (restauração da verdade perdida, uma igreja verdadeira estabelecida por Deus nos últimos dias, um grupo perseguido por suas crenças exrtra-bíblicas, um fundador ou fundadora detentor da última mensagem dada por Deus, ou profeta próprio) são muito semelhantes em seu âmago aos ensinos apresentados pelas Testemunhas de Jeová, pelos Mórmons, pela Ciência Cristã e muitos outros, com uma ou outra modificação descritiva.
Podemos afirmar, de modo bem direto, sem a casca bem disfarçada de suas publicações bem trabalhadas, que fica evidente para qualquer diligente estudante da bíblia que há algumas contradições diretas de seus ensinos mirabolantes com a Palavra de Deus. Por exemplo, podemos questionar:

I. Se a verdade foi perdida ao longo dos séculos e a igreja de Deus naufragou, então Jesus Cristo mentiu, contradizendo- se em Mateus 16:18, pois segundo o Senhor a igreja prevaleceria ao longo dos tempos até a consumação dos séculos - Mateus 28:20.
II. Se o selo de Deus é o sábado estabelecido para os judeus, então Paulo mentiu, contradizendo- se em Efésios1:13, quando apresentou o Espírito Santo como o selo de Deus.
III. Se Jesus Cristo precisa complementar a salvação, então Ele mentiu, quando na sua morte afirmou que o sacrifício estava consumado - João 19:30, isto é, que tudo o que deveria ser feito para a salvação foi realizado.
IV. Se a porta da Graça se fechará e apenas os adventistas fiéis ganharão a sua própria salvação, obedecendo preceitos da Lei mosaica, então Paulo mentiu em todas as suas epístolas (veja como exemplo Gálatas 5:4 e Efésios 2:8-9), onde afirmou categoricamente que a salvação nunca ocorre pela guarda da Lei mas sim pela Graça.
V. Se o adventista se salvará por guardar a Lei, então observar apenas os 10 mandamentos contradiz toda a Bíblia, que reconhece todo o Pentateuco como a Lei de Deus (II Crônicas 34:14; Neemias 8:8; Lucas 24:44; João 1:17, 10:34; Atos 13:39);
VI. E, finalmente: Se os adventistas são a Igreja do Fim então devemos rasgar vários textos da Bíblia, inclusive Apocalipse 22:18-19, invalidando assim todas a Sagradas Escrituras.

Vamos um pouco mais fundo em uma das doutrinas adventistas, verificando a interpretação que fazem de Apocalipse 12, onde afirmam que a profecia se refere a eles como a mulher que dará a luz ao messias e ao remanescente.

2. O Fim da igreja?
O livro que está sendo utilizado para as campanhas "evangelísticas" dos adventistas em 2009[10], apresenta mais detalhadamente a doutrina de que são a "igreja remanescente". O capitulo 9 do livro tem como título "Uma Estranha Perseguição". Vejamos algumas declarações do Sr Bullón.
Segundo o autor após a idade média "um grupo de cristãos voltaria a ser perseguido por sua insistência em obedecer à Bíblia e somente á Bíblia" [11].
Como Satanás levou a raça humana por um caminho de mentira, atualmente "existe um grupo de pessoas que estuda a Bíblia e não se deixa enganar"[12] .
Segundo as explicações dadas pelo Sr Bullón, em Apocalipse 12 a "mulher perseguida é um símbolo da igreja de Deus"[13], e a "obstinação desse povo perseguido está relacionada principalmente com um assunto que a imensa maioria considera um detalhe tolo"[14] e que Apocalipse 12:17 refere-se à "igreja dos últimos dias"[15], a "igreja do tempo do fim"[16].
Essa igreja do fim teria um selo, que a identificaria com Deus e a diferenciaria dos enganos de Satanás. Ainda mais, "por trás do selo de Deus está o desejo de se salvar"[17] e "estão o Pai, o Filho e o Espírito Santo"[18]. Qual seria o selo de Deus, então? Então categoricamente diz que "a Bíblia afirma que é o sábado"[19] enquanto apresenta a marca da besta como sendo o domingo.
Se você é um adventista e está lendo este texto, deve estar muito eufórico, pois crê piamente nestas doutrinas. Acredita de todo coração que sua salvação está garantida se permanecer fiel à "Igreja Remanescente", não é mesmo?
Saiba que eu compreendo sua euforia. Eu mesmo já cri, durante muito tempo, nesta armadilha. Antes de minha conversão também acreditava que se "apostatasse" da "igreja do fim dos tempos" perderia a salvação. Dou Graças a Deus que o Senhor Jesus Cristo me abriu os olhos e me deu a vida eterna pela Graça, sem as obras da Lei – cerimonial ou moral como queira, embora a Lei seja uma só - (Por favor, leia Efésios 2:8-9).
Oro para que ocorra o mesmo com você. Por favor, sei que será difícil continuar por causa da revolta que você sente no coração ao ver tudo que você acredita ser confrontado. Eu também entendo isso, me sentia assim todas as vezes que alguém me apresentava as doutrinas bíblicas que são contrárias às interpretações adventistas. Era como uma espada enfiada em meu coração (Hebreus 4:12).
Sejamos sinceros, se os adventistas estivessem certos, durante séculos o mundo contemplou o fracasso da igreja de Cristo e Satanás triunfou sobre a igreja de Cristo. E se a interpretação dos adventistas de Apocalipse 12 está correta, isto representara o fim da igreja estabelecida por Cristo, invalidando assim todo o Novo Testamento, fazendo dos escritos de Ellen White substitutivos para toda a Bíblia!
Isto tudo é mais que heresia, é BLASFÊMIA!

3. Quem é a mulher de Apocalipse 12?
Se você não é adventista deve estar estupefato. Não é para menos, podemos resumir assim:

I. Os adventistas crêem que podem garantir a salvação guardando o sábado;
II. Os adventistas crêem que, se deixarem a igreja, perdem a chance de se salvar – ou a salvação que julgavam ter sendo fiéis à guarda do sábado;
III. Os adventistas crêem que a única solução para o mundo é a conversão de todos os demais crentes para suas fileiras – guardando o sábado;
IV. Os adventistas crêem que, todos aqueles que não guardam o sábado não poderão se salvar.

Toda esta problemática interpretação pode causar arrepios se pensarmos mais demoradamente nas conseqüências de suas reivindicações. Homens como Charles H. Spurgeon, D. Martin L. Jones e outros tantos defensores da verdade que creram apenas em Cristo para salvação estariam perdidos, pelo simples fato de não terem feito parte das fileiras adventistas. Tais homens, que confrontaram os falsos ensinos relacionados à seita, não teriam acesso à porta da Graça e, de dentro do santuário celestial, Jesus Cristo teria ficado sem qualquer ação, já que toda a salvação dependia de um "detalhe tolo", a guarda do sábado.
Um verdadeiro ABSURDO!
Se atentarmos para a linha de interpretação de Apocalipse 12, também encontramos vários problemas antes de partirmos para um exegese mais acurada, a saber:

I. Se a mulher representa a igreja adventista, formada em meados do século 19, como poderia ela ter "dado à luz" ao messias, claramente identificado no versículo 5? Foi Jesus que fundou a Sua igreja e não o contrário.
II. Se a igreja adventista dará a luz ao messias, então Jesus Cristo não é o verdadeiro messias, pois ele veio 18 séculos antes dos adventistas existirem. Logo, os adventistas ainda estariam esperando o nascimento do messias, e a igreja estaria sentido as dores do parto conforme o versículo 2. Será que os adventistas não estão na verdade esperando outro (anti) Cristo?
III. Se a igreja adventista é a mulher e voa para o deserto, como farão os adventistas que moram na América do Sul e em outros países que não possuem desertos? Deverão tomar um avião durante a perseguição em direção a um deserto? Podemos imaginar as empresas fazendo promoções das mais diversificadas (desculpe, não resisto ao comentário hilário). Qualquer deserto serviria? Qual deserto os adventistas deveriam procurar?
IV. Se a igreja adventista é alvo da guerra do dragão, mas o dragão faz guerra ao "remanescente da sua semente" conforme o versículo 17, então não fica claro que somente os que nasceram adventistas, em famílias adventistas, seriam perseguidos, excluindo todos os que não são descendentes de adventistas?

Caro amigo adventista, não fica claro que a interpretação está totalmente fora de contexto, destituída de uma linha cronológica correta, fora do literalismo com que devem ser tratadas as Sagradas Escrituras?
Se os adventistas estão claramente enganados, ludibriando multidões, quem seria a mulher de apocalipse 12? É o que procuraremos responder no item seguinte.

4. Igreja ou Nação?
Neste ponto podemos fazer as devidas correções quanto á interpretação dada pelos adventistas para Apocalipse 12, com um comentário bem resumido do mesmo.
v.1a "E viu-se um grande sinal..."
A palavra no grego para sinal é shmeion (semeion), que tem o sentido de símbolo. Respeitando o literalismo da Bíblia, a mulher é um símbolo. Este grande sinal que aparece no céu tem um sentido espiritual. Sem discernimento podemos dar à mulher qualquer sentido que pudermos imaginar: Maria, Ellen White, Jerusalém, a igreja adventista, etc. Precisamos seguir a exegese para não nos tornarmos arbitrários.
v.1b "...uma mulher vestida de sol, tendo a lua debaixo dos seus pés,e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça".
Comparando a Bíblia com a própria Bíblia não erraremos. Estes detalhes fazem referência ao sonho de José em Gênesis 37:9.
"E teve José outro sonho, e o contou a seus irmãos, e disse: Eis que tive ainda outro sonho; e eis que o sol, e a lua, e onze estrelas se inclinavam a mim."
As estrelas não podem ser os apóstolos, pois seguindo a linha do tempo, a mulher ainda geraria o messias. Portanto, a mulher não simboliza a igreja fundada por Cristo, muito menos a igreja adventista que arrogantemente se identifica com ela.
A mulher é símbolo de uma nação, como em Ezequiel 23:2. Indubitavelmente a mulher de Apocalipse 12 é a nação de ISRAEL. As doze estrelas são as doze tribos de Israel. A continuidade do capítulo confirma isto.
v.2 "E estava grávida, e com dores de parto, e gritava com ânsias de dar á luz."
É inegável que há um resumo de todo o Velho Testamento, de tudo aquilo que Israel teve de passar aguardando o Messias. O período de escravidão no Egito, a peregrinação no deserto, a conquista da terra prometida, os juízes, os reis, a nação dividida, o cativeiro, a destruição do templo, o retorno e a reedificação dos muros e do segundo templo, os impérios dominantes, a sujeição sob Roma. Não há dúvida alguma que foi esta a nação que deu à luz ao Messias que foi assunto ao céu (v.5).
v.17 "E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo."
A Bíblia claramente faz distinção entre a dispensação da Igreja de Cristo e o tempo determinado em que Israel voltará a ser restaurado. O capítulo 11 da Epístola de Paulo aos Romanos nos fornece mais que suficiente instrução quanto a este fato. Israel permanecerá endurecido até que o tempo dos gentios se complete (Rom. 11:25). Isto ocorrerá com o arrebatamento da igreja de Cristo (todos os salvos) descrito em I Tess. 4:17, quando a apostasia no meio cristão se completar (a negação completa de que Jesus é o Cristo) e revelar o homem do pecado (II Tess. 2:3), o anticristo.
Não há qualquer elemento bíblico que impeça a clara distinção entre a Igreja e a nação de Israel. O versículo 17 de Apocalipse 12 nos diz claramente que os perseguidos são os descentes remanescentes de Israel e não os adventistas. Os 144 mil são da tribo de Israel (Apoc. 7:4). Quando o Templo for reconstruído e o sacrifício ritualístico restabelecido, a igreja de Cristo (todos os verdadeiramente salvos) já terá sido arrebatada, pois a perseguição é para os judeus, a angústia é de Jacó (Jeremias 30:7) são para os filhos do povo de Daniel, os judeus (Daniel 12:1).
Então tudo o mais na profecia de Apocalipse 12 não fica fora do contexto. A revelação de Deus é perfeita. A mulher não é a igreja adventista, graças a Deus! Glória ao Senhor!
Cabe enfatizar que, se o Anticristo vai estabelecer uma aliança com o povo judeu, é muito provável que ele estabelece um "Decreto Sabático", promovendo, apoiando e estabelecendo o Sábado como dia de descanso oficial e não um "Decreto Dominical", algo que frustraria seus planos de reconstruir o Templo com o auxílio e o apoio da nação de Israel.

5. Conclusão
Evidentemente, utilizando de uma tendenciosa interpretação, isolando textos, rejeitando as dispensações, tomando para si o papel de "mártires" incompreendidos, os adventistas conseguem perverter a clareza da Palavra de Deus.
Tudo isso acontece ao mesmo tempo em que negam uma averiguação mais diligente de sua própria história e de suas doutrinas, produzindo uma verdadeira lavagem cerebral característica de qualquer seita.
Sob o disfarce de um cristianismo mistificado nas interpretações da sua própria profetisa, Ellen G. White segundo a qual teve "aproximadamente 2.000 visões e sonhos proféticos"[20], continuam perpetuando heresias contrárias às Sagradas Escrituras.
Vale ressaltar que, durante todo o tempo em que permaneci na seita jamais tomei conhecimento de sequer uma (apenas uma) das propaladas milhares de profecias e sonhos da Sra White, que houvesse se cumprido.
Muito pelo contrário, soube de muitas falcatruas, distorções, alterações, plágios, engodos, e toda sorte de proselitismo criminoso, mentiroso e fraudulento. Mesmo com sinceridade de coração aliada a uma contínua cegueira espiritual, fui impedido de aceitar um confronto sincero com a verdade bíblica durante muito tempo. Não faça o mesmo! Seja diligente e Deus te esclarecerá! (Atos 17:11)
Além de várias profecias da Sra White que falharam muitas outras foram contraditadas, pois ela teve de voltar atrás com sua palavra. Lembrando que para um profeta ser considerado falso ele precisa apenas de uma (apenas uma) profecia que não tenha se cumprido. A Sra White, além de não possuir sequer uma profecia que tenha se cumprido, profetizou sobre absurdos que jamais se cumpriram, como por exemplo:

I. Que Jesus Cristo voltaria em seu tempo, profecia publicada em "O Testemunho de Jesus", página 108 e em "Primeiros Escritos", página 15. Depois acabou se contradizendo em "Mensagens Escolhidas", Volume I, página 76 e "Testemunhos Seletos", Volume II, página 359.
II. Que ocorreria um nova Guerra Civil Americana, profecia publicada em "Testimony for the Church", Volume I e "Testemunhos Seletos", Volume II, página 359.
III. Que haveriam pessoas vivendo em Saturno - inclusive Enoque, profecia publicada em "Primeiros Escritos", páginas 96 e 97, edição de 1967. Lembrando que Joseph Smith, dos Mórmons, profetizou que haveriam pessoas vivendo na lua – inclusive Adão.

"E se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o Senhor falou? Quando o profeta falar em nome do Senhor, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é a palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele." – Deuteronômio 18:21-22

6. Um apelo final sincero
Caro(a) leitor(a) adventista, não há nada que o homem possa fazer para salvar-se. Nenhuma igreja pode prover essa salvação. Um dia, tudo o que eu acreditava e amava veio abaixo. Minha fé adventista foi derrubada pela doutrina bíblica da salvação pela graça. Deus precisou de apenas dois versículos para fazer a obra (Efésios 2:8-9) e, atualmente como pastor, continuo me deliciando e me maravilhando na plena e completa revelação de Deus contida na Bíblia,a Palavra de Deus.
Saiba que você não terá uma segunda chance se vier a morrer confiando no deus que salva os adventistas, o Sábado! Isso mesmo. Para os adventistas Jesus Cristo apenas abriu uma porta que logo se fechará, mas o que realmente salva os adventistas é a guarda do Sábado. Para os adventistas que conheci (talvez até mesmo para você) eu estou perdido, por confiar unicamente e apenas em Cristo para minha salvação, sem as obras da Lei e rejeitar as doutrinas adventistas.
Mas saiba é justamente isso o que a Bíblia diz que cabe ao homem, arrepender-se e crer em Cristo (João 3:16, 11:25-26; Romanos 10:4; I João 5:5 e 10).
Quanto ao sábado, veja o que as escrituras dizem: Jesus Cristo não guardava o sábado, antes o quebrantava! Por isso os judeus o odiavam e desejavam matá-lo!
"Por isso, pois os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus." – João 5:18
"Então alguns dos fariseus diziam: Este homem não é de Deus, pois não guarda o sábado." – João 9:16a
Você consegue compreender? Jesus Cristo jamais seria adventista! Leia as Epístolas de Paulo aos Romanos e aos Gálatas, com um coração contrito espiritualmente, e com toda humildade ore para que o Espírito Santo lhe mostre a salvação bíblica e lhe liberte das garras desta terrível seita. Terrívle por que se veste de pele de ovelha, mas não passam de lobos devoradores (Mateus 7:15). Seita por que acrescenta às Escrituras ensinos que não estão contidos nela, diminuindo o sacrifício de Cristo e acrescentando obras para salvação.
Na Bíblia, o Espírito Santo é também chamado: Espírito de Deus (Êx. 31:3; Jó 33:4), espírito de Sabedoria (Deut. 34:9), espírito do Senhor (Juízes 14:6; I Samuel 10:6; I Reis 18:12), espírito de conselho, de conhecimento, de inteligência (Isaías 11:2), espírito de virtude (Lucas 1:17), espírito de profecia (Apocalipse 19:10). Este Espírito Santo é dado a todos os crentes, no momento da salvação (Romanos 5:5), para nos selar (II Coríntios 1:22; Efésios 1:13), nos ensinar e nos guiar em toda a verdade (João 16:13).
Creia em Jesus Cristo, arrependendo- se de seus pecados e recebendo-O como Seu Único e Suficiente Salvador. Ou então creia no sábado, no dia santo como tua tábua de salvação para juízo investigativo. Embora nada disso esteja na Bíblia. Se confiares no sábado para te salvares, Jesus Cristo não te é suficiente (Hebreus 7:25).
Mas, se confiares totalmente em Cristo, estarás livre da Lei e de nada te servirá o sábado judaico. Ninguém poderá te condenar (Romanos 8:1)
Que Deus te abençoe.
--------------------------------------------------------------------------------
[1] Os adventistas gostam de grafar igreja com "I" maiúsculo ao se referirem a si mesmos como o remanescente que passará pela tribulação, pois são amilenistas e não crêem no arrebatamento.
[2]Revista Adventist World - Capa . Fevereiro de 2009. Review and Herald Publishing Asociation.
[3] Idem.
[4] Lição da Escola Sabatina, página 7. – Adultos/Professor; O Dom Profético – Nas Escrituras e na história adventista. Janeiro-Fevereiro- Março 2009.Casa Publicadora Brasileira.
[5] Revista Adventist World – página 21. Janeiro de 2009. Review and Herald Publishing Asociation.
[6] Série de Estudos Para Pequenos Grupos – Relacionando- se com Deus. União Norte Brasileira. Série 2,folheto 9.
[7] Idem.
[8] Idem.
[9] Idem.
[10] Sinais de Esperança, Alejandro Bullón. Casa Publicadora Brasileira. 2008. [Claro que o objetivo é bem mais comercial. Aumentando a arrecadação e diminuindo o "encalhe" com a venda dos exemplares - as igrejas são obrigadas a adquirirem os livros – e com a chegada dos novos prosélitos, aumenta-se a fonte de recursos e matam-se dois coelhos - ou seriam vários?- com uma cajadada só].
[11] Idem, página 89. [Puxa, mais isso deixaria os próprios adventistas de fora, já que aceitam, além da Bíblia, os escritos da Sra White como inspirados e no mesmo nível que a revelação Bíblica. Que grande contradição!!!]
[12] Idem.
[13] Idem, página 90.
[14] Idem, página 91.
[15] Idem.
[16] Idem.
[17] Idem, página 93.
[18] Idem. [Afirmar que o Sábado está à frente da Trindade, além de heresia, é idolatria!]
[19] Idem, página 95.
[20] Série de Estudos Para Pequenos Grupos – Relacionando- se com Deus. União Norte Brasileira. Série 3,folheto 3.

23 maio 2009

O que você sabe sobre Testemunhas de Jeová?

"No começo da década de 1870, iniciou-se um relativamente pequeno grupo de estudo bíblico em Allegheny, Pensilvânia, EUA, agora parte de Pittsburgh. Charles Taze Russell foi seu principal promotor. Em julho de 1879, publicou-se o primeiro número da revista A Torre de Vigia de Sião e Arauto da Presença de Cristo (em inglês), agora conhecida em português como A Sentinela."

http://www.watchtower.org/t/jt/index.htm

Os russellitas não existiam até o século XIX, mais precisamente 1879 d.C. Isto quer dizer que, até esta data, NÃO EXISTIAM OS ENSINOS DOUTRINÁRIOS DOS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ. Será que todos os CRISTÃOS, antes dessa data, estavam crendo errado???!!! Será que Russell era melhor que todos os apóstolos e discípulos???!!! Será que todos os tradutores da Bíblia, nas línguas HEBRAICO, ARAMAICO e GREGO, a traduziram erroneamente e a "SOCIEDADE TORRE DE VIGIA" foi a única, depois de cerca de dezenove séculos, a traduzir corretamente a Bíblia com o que chamam de "NOVO MUNDO DAS ESCRITURAS SAGRADAS???!!! Você sabia que, de acordo com edições antigas, eles "traduziram" esse "NOVO MUNDO DAS ESCRITURAS SAGRADAS" do INGLÊS para o PORTUGUÊS, e não do HEBRAICO, ARAMAICO e GREGO para o PORTUGUÊS? Você sabia que, de acordo, ainda, com suas edições antigas, em seu prefácio, a "SOCIEDADE TORRE DE VIGIA" informa que foram feitas "MELHORIAS" na Bíblia? A Bíblia precisava ser "melhorada"? Essa não!!!

FORMAÇÃO PESSOAL DE Charles Taze Russell:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Charles_Taze_Russell

Era o segundo filho de Joseph L. e Ann Eliza Russell, presbiterianos e de descendência escocesa-irlandesa. Charles, era o segundo de cinco filhos, apenas duas sobreviveram até a idade adulta. A mãe de Charles faleceu a 25 de Janeiro de 1861, quando ele tinha apenas nove anos, mas, desde a tenra idade, Charles foi influenciado pelos seus pais que tinham fortes inclinações religiosas. Com onze anos, Charles passou a ser sócio comercial do pai, o próprio rapazinho escrevendo os artigos do acordo sob o qual operava a empresa deles. Com quinze anos, estava associado ao pai numa crescente rede de lojas de roupas masculinas. Seu pai, Joseph, morreu a 17 de Dezembro de 1897, com a idade de 84.Com o tempo, possuíam lojas em Pittsburgo, Filadélfia e em outras partes. Por todo esse tempo, o jovem Charles era sincero estudante da Bíblia e desejava servir a Deus. Aderiu a Igreja Congregacional, por causa de seus conceitos mais liberais. Ao tornar-se mais velho, Russell sentia-se perturbado com certas doutrinas religiosas geralmente aceitas. Em especial se preocupava com as doutrinas do inferno de fogo literal e da predestinação pessoal. Arrazoava ele: "Um Deus que usasse seu poder para criar seres humanos, os quais sabia de antemão e predestinara que fossem eternamente atormentados, não poderia ser sábio, nem justo nem amoroso."Em 1869, Charles Taze Russell "acidentalmente" assiste a uma reunião da Igreja Adventista, onde estava ensinado o Pastor Jonas Wendell. A "fé oscilante" de Russell na Bíblia é restabelecida e conclui que vivia próximo do "tempo do fim". Porém, ele não se tornou um seguidor do movimento "Segundo Adventismo" nesse tempo e nem em qualquer altura posterior. Quase imediatamente Russell, seu pai e outros, formam um pequeno grupo de estudo da Bíblia em Allegheny, Pensilvânia, que haveria de evoluir gradualmente até se tornar num novo movimento religioso.

TESTEMUNHOS:

http://www.cpr.org.br/nos_fomos_tj.htm

NÓS FOMOS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

"Entrei para a organização religiosa das TJs com quase 11 anos de idade. Mas, durante os 10 anos em que fui T J foram roubados meu amor, alegria, liberdade, família, sonhos e esperanças, carreira e formação."

TESTEMUNHO DE WASHINGTON MIGUEL, MEMBRO DA PRIMEIRA IGREJA BATISTA DA FUNDAÇÃO, RIO DE JANEIRO (RJ)

Cresci num lar de Testemunhas de Jeová. Aos 15 anos fui batizado e aos 22 já era ancião de congregação (cargo máximo nos salões do reino). Com 35 anos de idade pedi meu afastamento devido a várias desilusões que sofri como Testemunhas de Jeová. Por que saí de lá?

Percebi que o amor pregado, na verdade não era praticado. Dou um exemplo: Constantemente eu hospedava em casa alguns superintendentes de circuito (missionários viajantes) que davam tempo integral e exclusivo àquela seita. Seu trabalho era fiscalizar regularmente as congregações (salões do reino). Muitas vezes eles dormiam e se alimentavam em condições precárias, prejudicando-lhes a saúde.

O que me deixava estarrecido e revoltado é que eles eram representantes de uma organização religiosa arquimilionária e estavam passando necessidades. Eu e a minha congregação, movidos de compaixão, ao sabermos do descaso dos líderes dessa seita, éramos forçados a suprir algumas necessidades deles, como: pagamento do INSS na base de 1 salário mínimo, roupas, remédios, exames de saúde, etc.

Outra desilusão foi que eu mesmo me vi trabalhando de graça, não para promover as bênçãos do Reino de Deus, mas, sim, para aumentar os lucros de uma das maiores (talvez a maior) editoras do mundo. Angustiava-me saber que sequer um centavo daquela fortuna era aplicado em serviço social, como hospitais, creches, colégios, etc.

Saí de lá desiludido. Mas posso afirmar que durante os anos em que fui TJ convivi com pessoas humildes e simples que, enganadas, ainda acreditam que estão na religião verdadeira. Manipuladas pelos líderes, falam de Cristo sem, contudo, poderem se beneficiar do sacrifício expiatório de Jesus Cristo na cruz.

Você já parou para pensar no que pode ser feito para ajudar a libertar as TJs dessa escravidão?

Washington Miguel Felix da Silva

- - - - -

Perto dos meus 10 anos de idade eu era um católico praticante. Mas estava com muitas dúvidas sobre Deus e a fé. Foi triste admitir, mas eu sabia que o catolicismo não poderia me dar as respostas certas. Um dia as Testemunhas de Jeová bateram à minha porta. Falaram-me que a terra seria transformada num paraíso muito em breve. Abracei aquela verdade de todo o coração, sem prever que anos mais tarde eu negaria tudo.

Por ter aprendido a amar tanto a "Organização" das TJs fui perdendo o amor e a confiança dos meus familiares. Mas eu preferi ser fiel a Deus (como pensava) sendo fiel a uma organização religiosa. Eu a defendia, como ser comprovado pela revista Veja de 05/07/87 onde apareço numa foto discutindo com um evangélico.

Entrei para a organização religiosa das TJs com quase 11 anos de idade. Mas, durante os 10 anos em que fui T J foram roubados meu amor, alegria, liberdade, família, sonhos e esperanças, carreira e formação. Os mais belos anos da minha juventude ficaram no altar da Sociedade Torre de Vigia (nome oficial da organização das TJs). Desiludido pedi meu desligamento em 1988. Por causa da minha saída passei a ser chamado de "demoníaco, apóstata, fornicador espiritual, etc.". As amizades que cultivei ali durante 10 anos foram perdidas pelo fato de eu deixar de ser TJ.

Mas, graças a Deus, alguém me orientou no caminho certo e eu reconheci que Jesus Cristo morreu para me salvar e me dar plena libertação dos pecados e das religiões falsas. Ele (Jesus) disse que ninguém poderia ir a Deus a não ser por meio dele (Evangelho de João 14:6) e não por uma organização religiosa. Hoje, na verdade, sou livre e sirvo a Deus com muita alegria.

Wagner Santos Cunha

- - - - -

Após 18 anos fiel Testemunha de Jeová tomei conhecimento da existência de uma pirâmide colocada junto ao túmulo de Charles Taze Russell (o fundador do grupo), morto em 1916. procurei certificar-me do fato e acabei descobrindo outras práticas ocultistas dos líderes. Ou seja, envolvimento com a Maçonaria Templária, Piramidologia, símbolos da Teosofia nas suas publicações, etc.

Escrevi para a sede da seita em busca de esclarecimentos e acabei sendo excluído arbitrariamente por ter descoberto tais práticas ocultistas. Perdi os amigos e os relacionamentos cultivados por 21 anos em que trabalhei gratuitamente para essa seita vendendo suas literaturas de porta em porta. Mas Deus, no seu infinito amor, não me deixou desamparado. Antes me acolheu e deu verdadeiro sentido à minha vida.

Hoje, eu e minha esposa Carmencita, que também foi TJ por 23 anos, depois de termos experimentado o verdadeiro amor de Jesus Cristo estamos congregando numa Igreja Batista e procuramos ajudar as pessoas a se livrarem do engano das seitas e a também experimentarem o maravilhoso amor de Jesus Cristo.

Se você quiser saber mais sobre as práticas ocultistas entre as Testemunhas de Jeová, escreva-me.

Helio Eduardo de Souza & Carmencita

Centro de Pesquisas Religiosas

Caixa Postal 950

Teresópolis, RJ

25951-970

Questões relevantes:

1 – Mudaram textos bíblicos para defenderem doutrinas diabólicas.

a) Criaram "O NOVO MUNDO DAS ESCRITURAS SAGRADAS" - É uma espécie de bíblia deturpada.

2 – Editaram revistas que consideram mais importantes que a Bíblia, pois seus ensinos de porta em porta, baseiam-se nelas: Sentinela e Despertai!. Até "O NOVO MUNDO DAS ESCRITURAS SAGRADAS" é apenas um detalhe que as acompanha.

a) Procuram demonstrar que são extremamente espirituais "contribuindo" (comprando) essas revistas e as "presenteando" aos visitados. Tentam conseguir "ofertas voluntárias" dos visitados. Quando estes não querem "ofertar" são "presenteados".

http://pt.wikipedia.org/wiki/A_Sentinela

"As Testemunhas de Jeová oferecem aos interessados a revista A Sentinela no seu trabalho de evangelização de casa em casa bem como em muitas outras situações do quotidiano. Usualmente costumam oferecê-la em conjunto com a revista Despertai!, também publicada pelas Testemunhas. Não sendo uma obra com fins lucrativos, as revistas não são vendidas, no entanto, os que desejarem poderão dar um donativo voluntário que será enviado à Sociedade Torre de Vigia com o objectivo de ajudar a obra mundial efectuada voluntariamente pelas Testemunhas de Jeová, que inclui a produção, tradução, impressão e distribuição de Bíblias e publicações religiosas. Neste respeito, a própria revista contém a informação:"A publicação de A Sentinela faz parte de uma obra educativa bíblica, mundial, mantida por donativos voluntários." "

Mateus 7:1515 Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.

3 – Não reconhecem os nomes que Deus quis ser chamado. Como:

- EU SOU. Êxodo 3:13 e 14

- EMANUEL (Deus conosco). Isaías 7:14 e 8:8 – Mateus 1:23

http://www.batistafluminense.org/pastas/593/LI%C3%87%C3%83O%205%20-%20N%C3%83O%20FAZER%20DO%20DISCURSO%20DA%20F%C3%89%20UM%20DISCURSO%20VAZIO%20E%20IRREAL.doc

ANEXO 1 - Os nomes de Deus

Nomes de Deus e significados

1 ElohimGn 1.1 Deus usado 2.570 vezes, se refere a força e ao poder de Deus

2 El 'ElyonGn 14.17-20 Deus Altíssimo Deus é criador do céu e da terra

3 El ShaddaiGn 49.25 Deus das montanhas Deus é todo-poderoso

4 El OlamIs 40.28 Deus Eterno Temos segurança porque Deus vive!

5 Iahweh (Javé,Jeová) Gn 2.4 "Sou quem eu sou" É o nome próprio e mais comum de Deus, aparecendo 6.823 vezes

6 Iahweh-NissiÊx 17.15O Senhor é o meu estandarte Deus dá a vitória

7 Iahweh-ShalomJz 6.24 O Senhor é Paz Deus traz harmonia e paz, interior e para a comunidade

8 Iahweh-TsidkenuJr 23.6O Senhor é nossa justiça O Justo justifica o seu povo

9 AdonaiSl 2.4 O Senhor absoluto Deus tem total autoridade

10 Theos ho PaterEf 3.14 Deus o Pai Deus cuida amorosamente dos seus filhos Fonte: escriturasagrada.com/wp-content/uploads/2007/10/10-nomes-de-deus.pdf -

ANEXO 2 - Nome de Deus

1)YWHW – Javé

2)JEOVÁ TSDKENU – O Senhor é justiça nossa

3)JEOVÁ NICADISSIN – O Senhor é quem nos santifica

4)JEOVÁ JIREH – O Senhor Proverá

5) JEOVÁ NISSI – O Senhor é nossa bandeira

6)JEOVÁ SABAOT – O Senhor dos Exércitos

7)JEOVÁ SHAMMAH – O Senhor presente está

8)JEOVÁ ELION – O Senhor é altíssimo

9)JEOVÁ RAPHA – O Senhor é quem te sara

10)JEOVÁ RAÁH – O Senhor é meu pastor

11) JEOVÁ SHALON – O Senhor de todas as coisas

12) JEOVÁ ELOIN – O Senhor de todas as coisas

13) JEOVÁ ADONAI- Jeová é o Senhor

14) JEOVÁ EL SHADDAY – O Senhor todo poderoso

15) JEOVÁ SHAMMAH – O Senhor presente está.

Fonte: http://www.scribd.com/doc/2537988/Nome-de-Deus

4 - Não crêem na TRI-UNIDADE de DEUS.

Abaixo, textos que provam a TRI-UNIDADE:

a) João 17:5

b) João 10:27 a 30

c) Mateus 28:19

d) Isaías 6:8

e) Gênesis 1:26 e 27

5 - Não crêem que Jesus Cristo é Deus. Dizem que ele é apenas um "grande profeta" como os demais. Chamam Jesus Cristo de "um deus".

Abaixo, textos que provam que JESUS CRISTO é uma das pessoas de DEUS:

a) Romanos 9:5

b) Lucas 8:39

c) Tito 2:13

d) João 1:1 a 18 – Gênesis 1:26 e 27

e) João 20:28

f) Isaías 9:6

g) Lucas 4:12 e 13

h) Isaías 43:11 a 13 e 25

i) Atos 4:10 a 12

j) Mateus 1:21

l) Lucas 2:11

m) I João 5:20

n) Mateus 4:10 – só Deus deve ser adorado – Hebreus 1:6

o) Êxodo 34:14 – chamam Jesus Cristo de "um deus"

6 – Não crêem no Senhor Jesus Cristo como Único Salvador e Senhor.

Abaixo, textos que provam que o Senhor Jesus Cristo é o Único Salvador:

a) Só Deus é Salvador I – I Timóteo 2:3 II – Apocalipse 19:1 III – Isaías 43:11 a 13 e 25

b) Jesus Cristo é o Salvador I – Atos 4:10 a 12 II – Lucas 2:11 III – Mateus 1:21 IV – Isaías 43:25

7 – Dizem que Jesus Cristo foi estaqueado.

As penas de morte impostas pelos romanos eram em CRUZES e não em estacas.

Abaixo, textos que provam que o Senhor Jesus Cristo foi CRUCIFICADO:

a) João 20:27

b) I Coríntios 1:23

c) I Coríntios 2:2

d) Gálatas 3:1

e) Mateus 20:19

f) Apocalipse 11:8

g) Mateus 26:2

h) Mateus 27:22, 31 e 38

i) Mateus 28:5

j) Marcos 15:13

l) Lucas 23:33

m) Atos 2:23

http://www.solascriptura-tt.org/Sermoes/E9CNosBastidoresDaCruz-Lelo.htm

Texto: Deuteronômio 21:23

Tema: Nos Bastidores da Cruz

Introdução:

1- Bastidores ó Armação de cenário, feita de madeira e pano, por vezes representando um detalhe do ambiente.

2- Existem duas palavras no original que revelam dois tipos de Cruz:a- Stauros é Refere-se literalmente a uma estaca ou pau pontiagudo, fincado verticalmente.b- Xylon Û Que geralmente significa madeira ou árvore.

3- Estas duas palavras referem-se a uma forma especialmente cruel de pena, chamada crucificação.

4- A crucificação consistia na elevação do condenado sobre um poste, ou uma armação ou estrado, ou árvore natural, expondo o penalizado a zombaria do público.

5- Em muitos casos o indivíduo era morto por algum outro método, e o corpo, ou parte dele (geralmente a cabeça), era então elevada.

6- Já em outros casos era o próprio meio de execução. (Morte).

7- O efeito da crucificação sobre o corpo, e o longo período que antecipava a morte, ela representava a forma de execução mais dolorosa e cruel.

8- É de origem desconhecida, qual dos povos começou executar seus criminosos através destes métodos: Alguns dos povos que matavam criminosos pelo método da crucificação foram: Indianos, citas, germanos, britanos, taurianos, cartagenses, fenícios, gregos e com especial crueldade os romanos.

9- As formas mais antigas de formas de cruz são:a- A cruz tipo "Y", encaixando a cabeça da pessoa condenadab- No Novo Testamento, havia várias formas de cruzes comumente usadas pelos romanos.c- As duas formas que mais os romanos usavam eram a cruz de Santo Antônio (cruz comissa), na forma de um "T", ou a cruz latina (cruz imissa), em que a peça vertical, ultrapassava a altura não somente da peça colocada na horizontal como também da cabeça da vitima.d- EXPLICAÇÃO: A declaração em Mateus 27:37, cf Lucas 23:38, de que a inscrição foi colocada por cima da cabeça.

10- A morte na cruz geralmente era lenta, era comum pessoas sobreviverem durante alguns dias na cruz.

11- A doença, a fome, a desidratação, cansaço e consequentemente a asfixia, eram as causas comum de morte.

12- Geralmente com uma ato de misericórdia, a morte era apressada quebrando-se as pernas do condenado. (asfixia).

13- No caso de Jesus, a morte ocorreu muito mais rápido que o normal. Uma lança foi espetada do seu lado para se ter certeza de que Ele realmente estava morto, antes de o corpo ser removido. (João 19:31-37)a- Para que se cumprisse o que foi dito pelos profetas, que nenhum dos seus ossos (Jesus) seriam quebrados. (João 19:36, é uma citação do Salmo 34:20) (Êxodo 12:46).

14- Os corpos crucificados eram freqüentemente deixados insepultos, sendo devorados por aves e animais carnívoros, aumentando, assim, a vergonha do ato.

15- Havia uma vergonha social ligada com a crucificação no mundo antigo.

16- Geralmente só quem eram crucificado era, os escravos, os piores tipos de criminosos dos níveis mais baixos da sociedade, os desertores militares e os traidores. Para que se cumprisse (Isaías 53:9).

17- A crucificação entre os judeus tinha um significado mais profundo, "O que for pendurado num madeiro é maldito de Deus" (Cf Deut 21:23, Isa 53:5-6).

8 – Dizem que Jesus Cristo não ressuscitou em carne e ossos.

Abaixo, textos que provam que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou em carne e ossos:

a) Lucas 24:36 a 39

b) I João 4:2 e 3

c) II João 1:7

9 – Dizem que o Espirito Santo não é uma pessoa divina, que não é Deus.

Abaixo, textos que provam que o Espírito Santo é uma das pessoas de DEUS e age como uma pessoa:

a) Atos 5:1 a 5

b) O Espírito Santo é uma pessoa II – Hebreus 3:7 II – I Coríntios 2:13 III – Atos 28:25 IV – Atos 15:28 V – Efésios 4:30 VI – Isaías 63:10

10 – Dizem que a alma está no sangue. Não permitem transfusão de sangue. Orientam a seus adeptos permitirem a morte de seus parentes a fazerem, se necessário, transfusões de sangue. Torcem textos bíblicos para defenderem suas falsas doutrinas.

Abaixo, textos que provam que a alma não está no sangue (não é o sangue):

a) Apocalipse 6:9 e 10

b) Miquéias 7:3

c) Atos 3:23

d) Atos 2:43

e) Marcos 14:34 e Mateus 26:38

f) Isaías 61:10

11 – Dizem que a alma dorme no túmulo.

Abaixo, textos que provam que a alma não dorme no túmulo:

a) I pedro 3:18 a 20

b) Mateus 17:1 a 5

c) Deuteronômio 34:5 a 7

d) Atos 7:55 a 59

12 – Não crêem na Tricotomia (homem = corpo, alma e espírito).

Abaixo, textos que provam que o homem foi feito por Deus com CORPO, ALMA e ESPÍRITO:

a) Gênesis 2:7

b) Eclesiastes 12:7

c) I Coríntios 14:15

d) Efésios 4:30

e) Hebreus 4:12

f) Lucas 12:22

g) I Pedro 3:18 a 20

h) I Tessalonicenses 5:23

13 – Dizem que o 144.000, de apocalipse, são "Testemunhas de Jeová".

Abaixo, textos que provam que os 144.000, de Apocalipse, são HOMENS JUDEUS e VIRGENS (que nunca tocaram em mulher):

a) Apocalipse 7:4 a 8

b) Apocalipse 14:1 a 4

14 – Dizem que esta terra não será destruída, mas "transformada".

Abaixo, textos que provam que A TERRA SERÁ COMPLETAMENTE DESTRUÍDA e HAVERÁ UM NOVO CÉU E UMA NOVA TERRA:

a) Apocalipse 21:1

b) II Pedro 3:7 a 13

c) Isaías 66:22

d) Salmos 102:25 e 26

e) Marcos 13:24 f) Apocalipse 8:5 a 13

15 – De quem somos testemunhas?

Abaixo, textos que provam que devemos ser TESTEMUNHAS DE JESUS CRISTO que é o VERDADEIRO JEOVÁ:

a) Atos 1:8

b) Apocalipse 19:10

16 – PREVISÕES DE RUSSEL, FUNDADOR DA SEITA "TESTEMUNHAS DE JEOVÁ" QUE NUNCA SE CUMPRIRAM:

Extraído de:

http://www.solascriptura-tt.org/Seitas/TestemunhasJeova-PlanetaEv.html

d) As predições falsas das Testemunhas de Jeová: Quanto mais se examina uma seita, mais se descobrem as suas falácias. Por outro lado, quanto mais alguém estuda a Bíblia, mais confia nela. Um dos maiores inimigos das Testemunhas de Jeová é a sua própria literatura e as declarações de sues líderes. Veja Dt 18.21,22; Mt 24.11; 1 Tm 4.1-6.

e) Predições Falsas de Russel: Russel disse que o tempo dos gentios terminaria em 1914. Isto não se verificou. Pois até 1967 uma parte de Jerusalém estava em posse dos gentios (Lc 21.24). Em 1889 escreveu: "Dentro dos seguintes vinte e seis anos todos os atuais governos serão derrubados e dissolvidos. (Seria em 1915). Outra grande mentira. No ano de 1914 as Igrejas cristãs seriam destruídas. A batalha do Armagedon teria lugar em 1915. No ano de l914 a Igreja Católica Romana desapareceria. Em 1914 todos os governos, bancos, escolas e Igrejas seriam completamente destruídos".

f) Outras predições falsas: Em 1918 escreveram: "Portanto, podemos esperar confiadamente que 1925 marcará a volta de Abraão, Isaque, Jacó e os profetas fiéis da Antigüidade, particularmente aqueles nomeados pelos Apostolo em Hebreus capítulo onze, à condição de perfeição humana". (Milhões dos que agora vivem jamais morrerão) pp.89-90. Em 1931 escreveram: "Houve uma medida de desapontamento da parte dos fiéis de Jeová na terra concernente aos anos de 1914,1918 e 1925, cujo desapontamento durou por um tempo... e aprenderam também deixar de fixar datas". (Justificação Lv. I, pp.338-339).

Porque o Senhor Jesus nunca ensinou aos discípulos a guardarem o Sábado?

- POR QUE O SENHOR JESUS CRISTO NUNCA ENSINOU AOS DISCÍPULOS A GUARDAREM O SÁBADO? AO CONTRÁRIO:

João 5:

16 Por isso os judeus perseguiram a Jesus, porque fazia estas coisas no sábado.
17 Mas Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.
18 Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só violava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus.

MATEUS 12:
1 Naquele tempo passou Jesus pelas searas num dia de sábado; e os seus discípulos, sentindo fome, começaram a colher espigas, e a comer.
2 Os fariseus, vendo isso, disseram-lhe: Eis que os teus discípulos estão fazendo o que não é lícito fazer no sábado.
3 Ele, porém, lhes disse: Acaso não lestes o que fez Davi, quando teve fome, ele e seus companheiros?
4 Como entrou na casa de Deus, e como eles comeram os pães da proposição, que não lhe era lícito comer, nem a seus companheiros, mas somente aos sacerdotes?
5 Ou não lestes na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?
6 Digo-vos, porém, que aqui está o que é maior do que o templo.
7 Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios, não condenaríeis os inocentes.
8 Porque o Filho do homem até do sábado é o Senhor.

O sábado nunca salvou, não salva e jamais salvará alguém, mesmo se for guardado depois de salvo.

O sábado não ajuda, nunca ajudou e jamais ajudará na salvação!

- Quem deveria guardar o sábado?

Êxodo 31:

15 Seis dias se trabalhará, mas o sétimo dia será o sábado de descanso solene, santo ao Senhor; qualquer que no dia do sábado fizer algum trabalho, certamente será morto.
16 Guardarão, pois, o sábado os filhos de Israel, celebrando-o nas suas gerações como pacto perpétuo. ,
17 Entre mim e os filhos de Israel será ele um sinal para sempre; porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, e ao sétimo dia descansou, e achou refrigério.

- Por que os judeus deveriam guardar o sábado?

Deuteronômio 5:

12 Guarda o dia do sábado, para o santificar, como te ordenou o senhor teu Deus;
13 seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho;
14 mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu boi, nem o teu jumento, nem animal algum teu, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas; para que o teu servo e a tua serva descansem assim como tu.
15 Lembra-te de que foste servo na terra do Egito, e que o Senhor teu Deus te tirou dali com mão forte e braço estendido; pelo que o Senhor teu Deus te ordenou que guardasses o dia do sábado.

- O que Deus falou a respeito do sábado?

Isaías 1:

13 Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação. As luas novas, os sábados, e a convocação de assembléias ... não posso suportar a iniqüidade e o ajuntamento solene!

- O apóstolo Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, escreveu:

Colossenses 2:

16 Ninguém, pois, vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa de dias de festa, ou de lua nova, ou de sábados,

- Coisas que os que guardavam a lei não podiam fazer no sábado:

* será que os "guardadores do sábado" cumprem tudo isso?

Tiago 2:

10 Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos.

11 Porque o mesmo que disse: Não adulterarás, também disse: Não matarás. Ora, se não cometes adultério, mas és homicida, te hás tornado transgressor da lei.

Êxodo 16:

23 E ele lhes disse: Isto é o que o Senhor tem dito: Amanhã é repouso, sábado santo ao Senhor; o que quiserdes assar ao forno, assai-o, e o que quiserdes cozer em água, cozei-o em água; e tudo o que sobejar, ponde-o de lado para vós, guardando-o para amanhã.

Êxodo 35:

3 Não acendereis fogo em nenhuma das vossas moradas no dia do [sábado].

Não podiam acender fogo...

Êxodo 16:

29 Vede, visto que o Senhor vos deu o sábado, por isso ele no sexto dia vos dá pão para dois dias; fique cada um no seu lugar, não saia ninguém do seu lugar no sétimo dia.

Êxodo 31:

15 Seis dias se trabalhará, mas o sétimo dia será o sábado de descanso solene, santo ao Senhor; qualquer que no dia do sábado fizer algum trabalho, certamente será morto.

Números 28:

9 No dia de sábado oferecerás dois cordeiros de um ano, sem defeito, e dois décimos de efa de flor de farinha, misturada com azeite, em oferta de cereais, com a sua oferta de libação;

10 é o holocausto de todos os sábados, além do holocausto contínuo e a sua oferta de libação.

O Senhor Jesus Cristo morreu na cruz como "CORDEIRO DE DEUS" e dá o DESCANSO ETERNO (certeza de vida eterna) a todo o que apenas crê, verdadeiramente, n'Ele como Único Salvador e Senhor (João 14:6). Só o Seu sangue é poderoso e suficiente para purificar qualquer pecador, verdadeiramente arrependido e covertido, de todo o pecado (I João 1:7). O Senhor Jesus Cristo ressuscitou em carne e ossos (Lucas 24:39).

- Mais referências na Palavra de Deus sobre o SÁBADO:

Romanos 3:

20 porquanto pelas obras da lei nenhum homem será justificado diante dele; pois o que vem pela lei é o pleno conhecimento do pecado.

24 sendo justificados gratuitamente pela sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus,

28 concluímos pois que o homem é [justificado] pela fé sem as obras da lei.

Romanos 5:

1 Justificados, pois, pela fé, tenhamos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo,

9 Logo muito mais, sendo agora justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira.

Gálatas 2:

16 sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, mas sim, pela fé em Cristo Jesus, temos também crido em Cristo Jesus para sermos justificados pela fé em Cristo, e não por obras da lei; pois por obras da lei nenhuma carne será justificada.

19 Pois eu pela lei morri para a lei, a fim de viver para Deus.

21 Não faço nula a graça de Deus; porque, se a justiça vem mediante a lei, logo Cristo morreu em vão.

Gálatas 3:

2 Só isto quero saber de vós: Foi por obras da lei que recebestes o Espírito, ou pelo ouvir com fé?

10 Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.

11 É evidente que pela lei ninguém é justificado diante de Deus, porque: O justo viverá da fé;

12 ora, a lei não é da fé, mas: O que fizer estas coisas, por elas viverá.

13 Cristo nos resgatou da maldição da [lei], fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro;

19 Logo, para que é a lei? Foi acrescentada por causa das transgressões, até que viesse o descendente a quem a promessa tinha sido feita; e foi ordenada por meio de anjos, pela mão de um mediador.

21 É a lei, então, contra as promessas de Deus? De modo nenhum; porque, se fosse dada uma lei que pudesse vivificar, a justiça, na verdade, teria sido pela lei.

Gálatas 4:

4 mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo de lei,

5 para resgatar os que estavam debaixo de lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.

Gálatas 5:

4 Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça decaístes.

18 Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.

I Coríntios 9:

20 Fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse eu debaixo da lei (embora debaixo da lei não esteja), para ganhar os que estão debaixo da lei;

Filipenses 3:

9 e seja achado nele, não tendo como minha justiça a que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé;

Hebreus 7:

19 (pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou), e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual nos aproximamos de Deus.

22 maio 2009

As Boas Obras Não Salvam

Alguns utilizam Atos 10:3 a 6 e Tiago 2:20 para afirmarem que as boas obras salvam... Será mesmo que os textos dizem isso?


Analisando os dois textos, temos:


Em Atos 10:3 a 6

Encontramos que um anjo apareceu a Cornélio e o mandou ir à casa de Simão, curtidor, que ele diria o que CORNÉLIO DEVERIA FAZER (versículo 6).


Nos versículos 25 a 27, do mesmo capítulo, Cornélio encontrou-se com Pedro e ajoelhou-se, prostrando-se a seus pés; mas Pedro o proibiu fazer isso e disse-lhe: "Levanta-te, que eu também sou homem." (versículo 26).


No versículo 27 encontramos que Pedro conversou com Cornélio.


Dos versículos 34 a 40, Pedro prega o EVANGELHO, não só a Cornélio, mas a todos os presentes.

O versículo 44 mostra que todos que ouviram o EVANGELHO (incluindo Cornélio), creram e receberam o Espírito Santo.


OBSERVE QUE AS BOAS OBRAS DE CORNÉLIO NÃO O PUDERAM SALVAR. FOI NECESSÁRIO ELE OUVIR O EVANGELHO PARA SE CONVERTER (CRER) A CRISTO.


Sobre Tiago 2:20

No mesmo capítulo, versículo 18, lemos:

"Mas dirá alguém: Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me a tua fé sem as obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras."


Observe: Ele diz: "...eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras." Ou seja: Uma FÉ VERDADEIRA, SÓ EM JESUS CRISTO, PRODUZ AS OBRAS DO ESPÍRITO SANTO. Por isto, as OBRAS DO ESPÍRITO SANTO MOSTRARÃO A FÉ QUE ALGUÉM JÁ TEVE. ENTÃO: A FÉ, EM JESUS CRISTO, QUE SALVOU O PECADOR, VEIO PRIMEIRO.

Leia Efésios 2:8 a 10:

8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus;

9 não vem das obras, para que ninguém se glorie.

10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas.


Leia também:

Romanos 4:

6 assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem Deus atribui a justiça sem as obras, dizendo:


Romanos 9:

31 Mas Israel, buscando a lei da justiça, não atingiu esta lei.

32 Por que? Porque não a buscavam pela fé, mas como que pelas obras; e tropeçaram na pedra de tropeço;


Romanos 11:

6 Mas se é pela graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça.


Gálatas 2:

16 sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, mas sim, pela fé em Cristo Jesus, temos também crido em Cristo Jesus para sermos justificados pela fé em Cristo, e não por obras da lei; pois por obras da lei nenhuma carne será justificada.


AS OBRAS FEITAS PELOS SALVOS PELO SENHOR JESUS CRISTO, SÃO DO ESPÍRITO SANTO QUE HABITA EM CADA SALVO. PORTANTO: AS OBRAS SÃO DO ESPÍRITO SANTO E NÃO NOSSA. POR ISTO, A GLÓRIA É SÓ DE DEUS. QUANDO ALGUÉM É DESCRENTE, FAZ OBRAS NA INTENÇÃO DE COMPRAR A SALVAÇÃO (INTERESSE). QUANDO SE CONVERTE AO SENHOR JESUS CRISTO FAZEM OBRAS POR AMOR E NÃO PARA TEREM ALGUMA COISA. POIS, TODO SALVO JÁ TEM A SALVAÇÃOE NINGUÉM PODE TIRAR, POIS É O SENHOR JESUS CRISTO QUE DÁ GRATUITAMENTE, PELA SUA GRAÇA (ROMANOS 3:24), A TODO O QUE CRÊ, VERDADEIRAMENTE, N'ELE COMO ÚNICO SALVADOR E SENHOR. SÓ O SANGUE DO SENHOR JESUS CRISTO PODE PURIFICAR O PECADOR, VERDADEIRAMENTE ARREPENDIDO E CONVERTIDO, DE TODO O PECADO (I JOÃO 1:7). JESUS CRISTO RESSUSCITOU EM CARNE E OSSOS (LUCAS 24:39).



Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10 - Celebridades - Música - Esportes

14 maio 2009

Quero ser Excomungado

"... Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas". (Apocalipse 18:4)

Ao Sr.

Joseph Alois Ratzinger

Chefe do Estado do Vaticano e Líder da Igreja Católica Apostólica Romana

Inicialmente, gostaria de lhe dizer que os títulos de "papa" ou "padre" são ilegítimos e contrários às Escrituras. A palavra "papa", como sabemos, vem do latim papa ou pappa, "papá" ou "papai", "tutor", derivado por sua vez do grego πάππας, páppas, sendo uma forma afetuosa de "pai". O mesmo ocorre com o título "padre", que procede do latim pater patris, e significa "pai dos pais", sendo, também, contrário às Escrituras. [1]

Espiritualmente falando, só tenho um Pai que está no céu, que é Deus. Somente o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus pode usar este nome. A Bíblia nos diz: "E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus". (Mateus 23:9). Portanto, tais títulos católicos são blasfemos e heréticos. Por isto, não me referi ao senhor com o título de "papa", pois não o reconheço como "pai".

Aliás, é bom esclarecer que só posso chamar Deus de Pai, porque nasci de novo, pela fé em Jesus Cristo. Caso contrário, eu seria mera criatura. Para ser filho de Deus é necessário nascer de novo (Jo 1:12-13; Mt 5:9, 44-45; Lc 6:35; Jo 12:36; Rm 8:14-16; 9:26; Gl 3:26; 4:5, 7; Ef 1:5; 2:3; 5:1, 8; 1 Jo 3:1; 3:10).

Também, não há que se falar em "sacerdotes", pois não há nenhum ser humano que possa ser mediador entre Deus e os homens. Somente JESUS CRISTO é o Mediador: "Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem". (1 Timóteo 2:5)

Os sacerdotes existiram somente nos tempos do Antigo Testamento (Hb 7:28). Jesus Cristo é nosso Sumo Sacerdote, conforme lemos: "Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado". (Hb 4:14-15). Portanto, não reconheço nenhum líder dessa religião como "sacerdote".

Quanto ao blasfemo título de "vigário de Cristo", a Bíblia nos mostra que o Vigário (Substituto) de Cristo é o Espírito Santo e não homens falíveis e pecadores como os "papas" e "padres" católicos: Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito". (Jo 14:26). "Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei". (Jo 16:7) [2]

Assim, dirigindo-me ao líder máximo dessa instituição política e religiosa, venho, pela presente, solicitar que me faça o favor de deletar, de uma vez por todas, meu nome do rol de membros dessa herética religião, conhecida como "igreja católica apostólica romana", cuja nomenclatura, por sua vez, também não tem a menor fundamentação bíblica.

Aliás, é sempre bom lembrarmos que essa falsa religião NÃO É (e nunca foi):

- igreja: pois é um falso Cristianismo, por pregar um "outro evangelho". Suas práticas, dogmas, crendices e superstições são heréticas e antibíblicas; [3]

- católica: por não ser universal; pelo menos, quanto à legitimidade da mesma. Nós, os crentes fiéis à Bíblia, abominamos tal instituição religiosa e a sua suposta universalidade;

- apostólica: por não ser originada nos primeiros apóstolos da igreja primitiva; pois, sabemos que só existiram 14 apóstolos (os 12 iniciais, incluindo Judas. Depois, este foi substituído por Matias. E, depois, veio o apóstolo Paulo, como um abortivo). Após a morte do apóstolo João, na Ilha de Patmos, não houve mais o ofício de apóstolo.

Com relação à invencionice da sucessão apostólica, leiamos o trecho a seguir: "Pedro não possui o primado, porque ele mesmo diz que não é a Pedra mencionada em (Mt 16:18): E, chegando-vos para ele, pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo. Por isso também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; e quem nela crer não será confundido. E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, a pedra que os edificadores reprovaram, essa foi a principal da esquina, e uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados (1 Pe 2:4-8 ACF). A Pedra é Cristo (1 Co 3:11). E Ele, Cristo, e somente Ele é o fundamento da Igreja. Foi assim que Pedro e os demais apóstolos entenderam a mensagem que Cristo disse no Getsêmani; e que Roma a deturpou. Nunca houve, não há, e jamais haverá sucessão apostólica. Existiram quatorze apóstolos na história da Igreja e jamais existirã o outros". [4]

- romana: Pedro não foi "papa" e não esteve em Roma. Essa falsa religião (a ICAR) surgiu oficialmente com o imperador romano Constantino e não como uma continuidade apostólica em sequência ao apóstolo Pedro. Ela não tem como traçar sua história anteriormente a 313 d.C., data em que Constantino adotou o "Cristianismo" como religião oficial do império romano. Em 400 d.C., o império romano decretou que o Cristianismo (paganizado) era a única religião do império. Portanto, a igreja católica não deveria se autodenominar "romana", mas "constantiniana"!

Por essas e outras, o senhor me fará um grande favor em deletar meu nome, anulando de seus registros o meu "batismo infantil", que é uma outra heresia, pois criança não tem como crer e, portanto, não pode e não deve ser batizada (Mc 16:16). Lembre-se que a tal "regeneração batismal" que sua religião ensina, também é uma grande heresia, pois batismo não salva ninguém. O ladrão que morreu na cruz, ao lado de Jesus Cristo, não foi batizado, mas foi salvo mesmo assim, como nos ensina Jesus Cristo (Lc 23:43). Devemos ser batizados apenas como um testemunho público de nossa fé em Jesus Cristo, por ser uma ordenança bíblica para os que nEle crêem.

Anule também minha "primeira comunhão", outra grande blasfêmia, pois Jesus Cristo está vivo, assentado à destra do Pai (Hb 10:12) e jamais estaria num biscoito de farinha de trigo, que é oferecido aos incautos nas blasfemas missas. [5]

Anule, ainda, o tal "sacramento da crisma", ao qual fui submetido quando criança, pois não dependo de imposição de mãos de qualquer "sacerdote" para receber os dons do Espírito Santo. Tal fato ocorreu, automaticamente, quando de minha conversão a Jesus Cristo (At 2:38; 1 Co 1:7, 7:7).

Escrevo-lhe esta carta, não pelo fato de que eu precisasse de sua autorização para sair do domínio papal; mas, é para apagar, de uma vez por todas, qualquer vínculo com essa enganosa religião, que é um falso Cristianismo, desde o seu surgimento e tem enganado milhões, ou melhor, bilhões de almas neste mundo.

Não tenho o menor temor em ser excomungado por essa falsa religião, como ocorre com tantos católicos que temem que isto lhes aconteça um dia. Ser excomungado deve ser motivo de grande honra para qualquer cidadão que conheça as Escrituras, sendo assim, liberto do jugo papal. Até porque, com a verdadeira conversão a Jesus Cristo, as pessoas saem correndo dessa herética religião.

A Bíblia, ao se referir à igreja católica, a grande prostituta de Apocalipse 17, a Babilônia, assim nos exorta: "... Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas". (Ap 18:4)

É de livre e espontânea vontade que me declaro NÃO CATÓLICO há mais de oito anos. Biblicamente convicto, já abandonei os arraiais de Roma há tempos. Aliás, antes mesmo de minha conversão eu já havia parado de frequentar a igreja católica, há algum tempo, pois procurava pela VERDADE!

Minha conversão se deu por obra do Espírito Santo, quando conheci a verdade que liberta: a Palavra de Deus. Assim, conheci o plano de salvação estabelecido por Deus, independente de qualquer religião. [6] Meu Senhor e Salvador Jesus Cristo declarou: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará". (Jo 8:32). Ele é o único Caminho: "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim". (Jo 14:6).

Glórias, pois, a Deus, que um dia teve misericórdia de mim e retirou a cegueira de meus olhos, livrando-me do engodo religioso ao qual havia pertencido, desde minha infância, por ser oriundo de uma família católico-romana, haja vista viver num país com grande influência dessa religião. Isto foi culpa dos colonizados portugueses e espanhóis que para cá vieram, trazendo alguns padres, sua influência católica e suas superstições (por isto, nosso país é tão atrasado em todos os sentidos, escravizado e cheio de crendices e superstições, já desde seu descobrimento, como ocorre com todos os países dominados pela religião romana).

Quanto aos aspectos legais, afirma o Cânone 751 do Código Canônico dessa igreja: "Diz-se heresia a negação pertinaz, depois de recebido o batismo, de alguma verdade que se deve crer com fé divina e católica, ou ainda a dúvida pertinaz acerca da mesma; apostasia, o repúdio total da fé cristã; cisma, a recusa da sujeição ao Sumo Pontífice ou da comunhão com os membros da Igreja que lhe estão sujeitos".

Assim, no momento exato em que ocorreu minha conversão a Jesus Cristo, e minha saída, de uma vez por todas, dessa religião, cometi (segundo ensina sua religião) dois dos "pecados" acima destacados: a heresia e o cisma.

A heresia se trata da negação ou dúvida pertinaz de uma verdade que deve ser crida com fé divina e católica da parte de um batizado. No cânone 750, indicam-se quais as verdades de fé divina e católica (crer no "magistério" e na "tradição católica").

Eu, por seguir exclusivamente a Palavra de Deus, que é minha única regra de fé e prática (Is 8:20, 30:8; Sl 19:7,8; Dt 4:2; Mt 15:2, 6, 9; Ap 22:18), não aceito, de forma alguma, o magistério dessa igreja, nem as falácias de suas tradições e invencionices humanas (Mt 15:3, 6; Cl 2:8; 2 Ts 3:6).

Também, não oro a santos, nem a Maria. Oro diretamente a Deus, não usando de vãs repetições como ensina essa religião, pois isto é condenado pelas Escrituras (Mt 6:6-8; Fp 4:6; 1 Jo 5:15).

Tenho a informar, ainda, que a "deusa" que vocês inventaram (a chamada "Nossa Senhora") não é minha mãe, muito menos "mãe de Deus" como ensina sua religião. Deus é Espírito, é Eterno, Ele não tem "mãe". [7] Jesus Cristo sempre existiu, pois Ele é Deus, é Eterno, e Maria foi apenas Sua mãe humana, visto ser Ele 100% Deus e 100% Homem. Maria é apenas minha irmã em Cristo, uma humilde "serva do Senhor", como ela mesma fez questão de frisar (Lc 1:38) e também careceu de um Salvador, por ser ela um ser humano (e não um ser divino), descendente de Adão e Eva (Lc 1:47). O único que foi concebido sem pecado foi Jesus Cristo!

Como o senhor pode ver, sou, de acordo com seu Código Canônico, um "herege". Na mesma situação minha, encontram-se todos aqueles a quem vocês chamam de "protestantes" (mas que, atualmente, em virtude do ecumenismo, sua religião resolveu denominá-los "irmãos separados", numa estratégia política, hipócrita e subreptícia, para enganar os incautos e tentar trazê-los de volta ao domínio papal).

Não sou protestante, pois sou Batista e os batistas não se originaram no evento conhecido como "Reforma Protestante". Pelo contrário, foram perseguidos por Roma e a História registra que mais de 50.000.000 de batistas (fora outros) sofreram o martírio por não aceitarem as heresias da "regeneração batismal" e o "batismo infantil" ensinados pela igreja católica (isto tudo ocorreu muito antes da Reforma Protestante) !!! [8]

Quanto ao cisma, ele é definido no cânone 751 como a recusa de sujeição ao "Sumo Pontífice" ou de comunhão com os membros da igreja católica a ele sujeitos. Quem se subtrai à obediência da igreja católica e à comunhão constitui-se propriamente um "cismático", independentemente do motivo que haja para tanto.

Como se não bastasse minha "heresia", sou também um "cismático", pois há tempos não frequento igrejas católicas, não vou a missas, não confesso pecados a "padres", não me sujeito ao "papa", etc. A Bíblia nos ensina que devemos confessar nossas "culpas" aos irmãos (Tg 5:16); mas, nossos pecados, devem ser confessados diretamente a Deus (Sl 32:5; Pv 28:13; Dn 9:4, 20; 1 Jo 1:9).

Estou, pois, manifestando, por escrito, minha rejeição formal à igreja católica e aos seus heréticos ensinos, e espero obter o reconhecimento de meu "cisma" e "heresia", conforme seu Código Canônico.

É bom lhe esclarecer, em tempo, que não cometi o pecado da "apostasia", acha vista que jamais repudiei minha fé cristã. Pelo contrário, com minha conversão a Jesus Cristo é que nasci de novo (Jo 3:3, 5) e, assim, tive o privilégio de tornar-me um verdadeiro cristão. A religião católica, sim, é que é apóstata desde o seu surgimento, com o imperador Constantino, e devia, portanto, se autoexcomungar (se possível fosse), por ser ela mesma a total apostasia em si, a Prostituta (Ap 17).

Antes, eu pensava ser cristão, mas não era (como todo católico), pois a ICAR jamais foi o verdadeiro Cristianismo, mas se trata de um sistema político-religioso pagão, com práticas heréticas e antibíblicas, que apresenta um outro "Jesus" que não é o Jesus Cristo da Bíblia. O "Jesus" de vocês é "sacrificado", cotidianamente, em cada missa que é celebrada (contrariando Hb 7:25-27, 9:24-26, 10:12), além de após quase 2.000 anos de Sua ressurreição, ainda ser apresentado morto em uma cruz sangrenta, um objeto de vergonha e escárnio (Gl 3:13). Quanta blasfêmia!!!

Vejamos esta citação que bem resume o que quero dizer: "O Jesus dos católicos romanos que eu conhecia era o Cristo do crucifixo, com seu corpo continuamente dependurado na cruz, simbolizando, de forma apropriada, o sacrifício repetido perpetuamente na missa e a Sua obra de salvação incompleta. Aproximadamente há dois milênios, o Jesus da Bíblia pagou totalmente a dívida dos meus pecados. Ele não necessita mais dos sete sacramentos, da liturgia, do sacerdócio, do papado, da intercessão de Sua mãe, das indulgências, das orações pelos mortos, do purgatório, etc. para ajudar a salvar alguém. Os católicos romanos dizem que amam a Jesus, mesmo quando se chamam de católicos carismáticos, católicos "evangélicos" , ou católicos renascidos, mas na verdade eles amam um Jesus que não é o Jesus bíblico. Ele é "um outro Jesus"." [9]

Outrossim, apesar de estar solicitando oficialmente minha excomunhão, sei, pela leitura dos cânones dessa "igreja", que já fui (ou deveria ter sido) excomungado, automaticamente, no momento da minha conversão a Jesus Cristo. Quando isto ocorreu, percebi que a religião católica é uma farsa, um embuste, e nunca mais entrei numa igreja católica, nem me submeti a qualquer "autoridade" de sua liderança. Por ser considerado, consequentemente, "herege" e "cismático" já estaria excomungado automaticamente, o que me pouparia de escrever a presente carta.

O Cânone 1.364, §1, (sem prejuízo do disposto no cânone 194, §1, n.2) diz que um "apóstata da fé, um herege, ou um cismático" incorre na excomunhão latae sententiae; ou seja, automaticamente!

Portanto, existe, na realidade, uma MULTIDÃO DE EXCOMUNGADOS! Todos os que nasceram de novo, pela fé em Jesus Cristo (Jo 3:3, 5), deixando essa herética religião, por não crerem em seus dogmas, tradições, práticas e "sacramentos", já podem se considerar excomungados! TODOS os que se tornam "filhos de Deus", deixam de ser, automaticamente, "filhos de Roma"; pois, tais situações são totalmente antagônicas e irreconciliáveis!

Assim sendo, mesmo já estando excomungado, automaticamente, conforme prevê seu Código Canônico, gostaria de formalizar meu pedido de excomunhão, pois, caso tenha havido um esquecimento por parte da liderança dessa igreja em me excomungar, aproveito para formalizar este pedido.

Já que essa igreja considera "católico", por exemplo, todos os que nascem num país católico (como é o caso do Brasil), por descenderem de famílias católicas (engrossando, assim, o número de "adeptos" dessa religião), aproveito para solicitar a retirada do meu nome dessa imensa lista, para mostrar que a verdade não é bem assim como os números mentirosos indicam.

Face o exposto, exijo que seja declarada minha excomunhão, imediatamente e ex officio, nos termos do que dispõe o § 1.º do Cânone 1364 do Código Canônico.

Declaro que não há a menor chance de eu vir a me arrepender desta decisão, pois ela é feita de forma bíblica, consciente, livre, irretratável, irrevogável e inarrependível.

Tenho plena convicção do que ensinam as Escrituras e plena certeza e garantia de minha salvação eterna e imperdível, por confiar única e exclusivamente em JESUS CRISTO e não em vãs tradições humanas ou em religiões! Sou salvo pela graça, mediante a fé, e não por obras (Ef 2:8-9).

Disse JESUS CRISTO: "Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora". (Jo 6:37)

Atenciosamente.

Humberto Ribeiro Fontes

Ex-católico, agora, filho de Deus, salvo eternamente pela fé em Jesus Cristo

11/05/09

NOTAS:

[1] Fonte: Wikipédia – A enciclopédia livre, disponível em: http://pt.wikipedia .org/wiki/ Papa e em http://pt.wikipedia .org/wiki/ Padre

[2] a) Papas Têm Clamado Ser DEUS , Traduzido por Marco Aurélio de Castro Lima, disponível em: http://www.solascri ptura-tt. org/Seitas/ Romanismo/ PapasTeemClamado SerDeus-TGroppi. htm

b) Os Vigários de Cristo, Mary Schultze, disponível em: http://www.cpr. org.br/Os_ Vigarios_ de_Cristo. htm

[3] Doutrinas católicas romanas examinadas somente à luz das Escrituras Compilação por Keith L. Brooks, D.D. Tradução por Valdenira N. M. Silva, Out. 2000, disponível em: http://www.solascri ptura-tt. org/Seitas/ Romanismo/ Brooks-DoutRoman iALuzEscrit- Tudo.htm

[4] Breve refutação da infalibilidade papal - Por Rodrigo Silva Barros, disponível em: http://br.groups. yahoo.com/ group/solascript uratt/message/ 2721

[5] O Biscoito da Morte, disponível em: http://www.chick. com/reading/ tracts/0816/ 0816_01.asp

[6] O Plano simples de Deus para sua salvação, disponível em: http://www.scribd. com/doc/6301730/ O-Plano-Simples- de-Deus-Para- a-Sua-Salvacao

[7] Deus não tem "mãe", autor: Humberto Fontes, disponível em: http://www.scribd. com/doc/7825843/ DEUS-NAO- TEM-MAE

[8] a) Batistas não são protestantes, autor: Vernon C. Lyons, tradução por Steve Montgomery, disponível em: http://solascriptur a-tt.org/ EclesiologiaEBat istas/BatistasNa oSaoProtestantes -Lyons.html

b) Livro "O Rasto de Sangue", autor: Dr. J. M. Carroll, disponível em: http://www.palavrap rudente.com. br/estudos/ jm_carroll/ rastrosangue/ cap01.html

[9] Qual Jesus? Autor: T. A. McMahon, disponível em: http://www.chamada. com.br/mensagens /qual_jesus. html

LEITURAS RECOMENDADAS:

1) Carta de Ex Católico, aos Católicos, autor: Nivaldo Rodrigues, disponível em: http://www.solascri ptura-tt. org/Seitas/ Romanismo/ CartaExCatolicoA osCatolicos- NivaldoR. htm

2) Por que deixei o Romanismo, autor: Hélio de Menezes Silva, disponível em: http://www.solascri ptura-tt. org/Seitas/ Romanismo/ PqDeixeiRomanism o-Helio.htm

3) Vários artigos sobre o herético Catolicismo Romano, disponível em: http://www.espada. eti.br/catolica. htm

4) Vários estudos sobre o herético Catolicismo Romano, disponível em: http://www.monergis mo.com/?secao= catolicismo

5) Livro online, "Por amor aos católicos romanos", disponível em:
http://www.chick. com/reading/ books/0221/ 0221cont. asp

6) Lista de Heresias e Tradições Humanas Adotadas e Perpetuadas pela Igreja Católica Romana, ao longo de 1.600 anos, Compilado pelo Rev. L. Testa. Tradução: Gustavo Stapait 02/02, Revisão: Calvin G. Gardner 03/02, disponível em: http://www.palavrap rudente.com. br/estudos/ variosautores/ micelanea/ cap15.html

7) Livro "Cristianismo Pagão", autor: Frank Viola, disponível em: http://www.editorar estauracao. com.br/arqs/ CRISTIANISMO% 20PAGAO.pdf