07 agosto 2007

Adoração

"Então ouvi uma como voz de numerosa multidão, como de muitas águas, e como de fortes trovões, dizendo: Aleluia! pois reina o Senhor nosso Deus, o Todo-Poderoso."

Apocalipse 19.6

Não deveríamos nós, como cristãos, que estamos a caminho dessa eterna glória, tomar como exemplo aquilo que no céu merece tanto empenho e tanto tempo? Descuidamos totalmente o louvor e as ações de graça para com nosso Senhor! Se a tarefa mais importante dos anjos consiste em louvar a Deus, deve haver um motivo muito importante para isso. Se o céu julga suficientemente importante que Deus seja louvado dia e noite pelos querubins, isso deve ter conseqüências poderosas. Examinemos concretamente o assunto desta maneira: se a tarefa mais importante dos exércitos celestiais consiste em louvar a Deus, logicamente a tarefa primordial dos homens também deveria consistir na adoração, no louvor e no agradecimento ao Senhor. Ao louvarmos e adorarmos ao Senhor somos transformados passo a passo de glória em glória na semelhança do Deus eterno. Por isso quero dizer que adoração é a mais significativa atividade; ela dá a Deus a condição de alcançar o alvo mais elevado do Universo, que é conduzir muitos filhos e filhas à glória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário